Deus é bom, e não apenas em Si mesmo, precisamos falar aos nossos que Deus é bom para nós.

Ele nos ama, procura, pensa, conhece, inspira e espera.

E se tal pode se dizer, Deus será feliz o dia em que regressarmos e lhe dissermos: ‘Senhor, na vossa bondade, perdoai-me!’. Vamos ver, assim, o nosso arrependimento tornar-se alegria de Deus.

Amigos, é preciso ensinar isso dentro de nossa casa. Deus é bom, filho(a)! Deus nos ama, Ele olha por nós!

Acostumando os nossos a este ambiente de fé, cresceremos como famílias seguras e felizes.

 

Paula Guimarães

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.