Vindos de vários países, peregrinos chegaram a Roma para participar da abertura do Ano da Misericórdia, que será oficialmente inaugurado no Vaticano nesta terça-feira, 8.

No Centro de Acolhimento ao Peregrino, cresciam as filas dos guichês de informações. Hana Francáková veio com um grupo de 41 pessoas de várias partes da República Tcheca, incluindo bispos e um cardeal. Na tarde de hoje, 7, ela passou no local de apoio aos Peregrinos para retirar os bilhetes gratuitos, que dão acesso a todas as celebrações presididas pelo Santo Padre.

“Eu percebo que esta foi uma maravilhosa decisão do Santo Padre. Isto mostra o grande poder da Igreja, de Jesus e da Divina misericórdia para cada um. Esta é um convite a cada um, não importa se a pessoa sabe ou não o que significa a misericórdia, ou se está ou não preparada para abrir a porta do coração à misericórdia, mas tenho certeza que este momento será muito especial. Estou muito feliz por ter vindo, e já sinto que esta cidade está cheia do Espírito Santo, cheia do Amor de Deus para cada um”, afirmou Hana.

Aulona Arapi e Hana Francáková / Foto: Catarina Jatobá - Canção Nova

Aulona Arapi, Albanesa que mora em Milão, conta que foi batizada há dois anos na Igreja Católica, decisão que iniciou um marco de conversão para a sua vida.

“Para mim, o Ano da Misericórdia tem o significado do chamado de Deus, um momento em que Ele nos chama. Desejo para este ano paz, é o que nós precisamos, e compreensão uns aos outros”.

Muitos voluntários também já chegaram para auxiliar na equipe de infraestrutura das grandes celebrações.

Em frente ao Centro de Acolhimento, peregrinos aguardam bilhetes para acesso aos eventos do Ano Jubilar / Foto: Catarina Jatobá - Canção Nova

Em entrevista à nossa equipe de jornalismo, o Presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, Dom Rino Fisichella, comentou sobre uma possível preocupação das pessoas com o terrorismo, e disse que diante do terror e do medo a primeira resposta deve ser a coragem.

“Diante da violência e do fundamentalismo, não devemos nos privar da nossa liberdade que temos conquistado no curso dos séculos, porque este é o nosso estilo de vida, baseado na liberdade”, encorajou o arcebispo.

Os peregrinos que queiram participar nos Grandes Eventos do Jubileu em Roma e atravessar a Porta Santa da Basílica de São Pedro devem ser registrados. Mais informações podem ser encontradas no site oficial do Jubileu www.im.va.

 

Fonte: http://noticias.cancaonova.com/peregrinos-chegam-a-roma-para-abertura-do-ano-da-misericordia/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.